quinta-feira, 17 de maio de 2012

versões

Antes de ontem o meu filho pediu-me "só uma história pequenina" para adormecer. E eu fui inventando:

"Era uma vez um menino chamado Joaquim que tinha um porquinho mealheiro. Ele pedia moedas à mãe e ao pai, ao avô e à avó, aos tios e tias e até aos amigos dos pais quando eles iam lá a casa. O porquinho mealheiro do Joaquim chamavas-se plim plim, porque era este barulho que fazia cada vez que ele metia lá moedas. Um dia, o plim plim estava muito cheio e pesado e quando o Joaquim foi pegar nele.. plááá, caiu no chão e partiu-se! O menino primeiro ficou triste, mas depois viu que já tinha muitas moedas... pegou nelas todas e foi até à loja dos brinquedos. Lembrou-se que uma vez tinha pedido um foguetão à mãe, mas ela tinha dito que naquele dia não. Agora podia comprar com as suas moedas. O menino ficou muito contente e reparou que ainda lhe sobraram duas moedas! Sabes o que ele comprou com elas? Cola para colar o plim plim e voltar a juntar dinheiro para comprar outra nave espacial!"


Ontem, fui pôr a Mafalda mais cedo na cama e o Francisco quis reproduzir-lhe a história. Eis a sua versão:

"Era uma vez um porquinho que tinha um mealheiro chamado plim plim. Ele pedia moedas à mãe e ao pai, aos avós e avôs, tios e tias. O porquinho chamava-se.... como mãe? ah, pois, Joaquim. O plim plim estava muito pesado e sem querer o porquinho deixou cair e partiu-se. Ele pegou nas moedas e foi comprar um foguetão que a mãe já tinha dito cinco vezes que não: não pode ser, não pode ser, não pode ser, não pode ser,não pode ser! E comprou também o espaço e muitos planetas e mais autocolante de muitos muitos muitos foguetões e planetas. E depois ficou com duas moedas. E sabes o que foi comprar? Cola!!!! muito bem!"

4 comentários:

Catarina Orangina disse...

és uma trapalhona, mas contas histórias muitos giras:)

Idamamalis disse...

:)

O Sexo e a Idade disse...

Ahahahahahahah

Margarida B. disse...

Apesar de o Francisco se ter enganado no personagem da história, a sua essencia manteve-se. Eu adorava ouvir histórias tambem :)