quarta-feira, 9 de maio de 2012

compras

Chegámos a casa carregados de sacos do supermercado, que foram pousados na cozinha. O pai das crianças teve que voltar a sair e o meu telefone tocou. Enquanto falava ao telefone, os meus filhos resolveram arrumar as compras. Com o ouvido livre ouvia o Francisco "vá Mafalda, dá-me as coisas!" (sim, as mulheres têm a magnifica capacidade de ouvir várias coisas ao mesmo tempo.) Pensei que iria ter o dobro do trabalho mais tarde, a rearrumar o que tinham "arrumado", mas aquele momento, em que podia estar a falar ao telefone sem pressas e sem ninguém a gritar "mãe" ou a pedir colo estava a saber-me bem e resolvi deixar a coisa andar.

Quando cheguei à cozinha tinha uma série de sacos vazios espalhados pelo chão. Apanhei-os e vi que tinham sido deixados apenas os objectos pesados: dois packs de cerveja e o detergente da roupa. Curiosa comecei a abrir os armários e, para meu espanto, tirando uma embalagem de carne que estava junto às massas e arroz, tudo estava no sitio certo! Papel higiénico e sabonetes na casa-de-banho, detergentes da louça, sal e abrilhantador junto aos alguidares, cereais na prateleira de cima do móvel... incrivel! Assim, vale a pena ir às compras!

3 comentários:

Lili disse...

Estás a treiná-los bem!!!

Idamamalis disse...

vamos ver quanto tempo dura ;)

Margarida B. disse...

Esperto o Francisco! E a mais pequenina, tambem.