segunda-feira, 25 de junho de 2012

o trabalhador?

Pai - Francisco, está aqui a tua roupa, veste-te lá sozinho...
Francisco - É pá! Sou eu que tenho que fazer tudo nesta casa!

terça-feira, 19 de junho de 2012

sexta-feira, 15 de junho de 2012

cantorias

Chegámos à fase das cantorias. Refrões aprendidos ou inventados repetidos até à exaustão. O problema é que a minha exaustão chega mais cedo que a do cantor. SOCORRO!!!!

terça-feira, 12 de junho de 2012

pingar

Ontem, enquanto falavas com o teu avô ao telefone Francisco, fazias pressão com os dedos nos olhos para não chorar. Pensavas que ele te ia buscar à escola e ficaste desanimado por ele não ter podido ir... Quando desligámos o telefone eu disse-te "não fiques triste amor." ou que tu me respondeste "não estou triste. mas só que estou a pingar..." Como eu te compreendo... às vezes os meus olhos também pingam.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

pedras rolantes



O meu filho, de 4 anos, agora deu em ser fã de Rolling Stones.
Tudo começou ao ouvir, durante uma viagem de carro, um programa na rádio onde só passaram música desta banda. Ele já tinha uma t-shirt e os avós um poster... quando lhe disse que aquela banda era a da língua de fora ficou radiante! Até que acabámos por lhe comprar o CD. Tenho que me conter para não rir quando ele começa a dançar a fingir que toca guitarra!

Já há muito que ele afirma gostar mais das músicas com gritos ou quando cantam mais rápido e alto, pois... por enquanto a escolha não é má, vamos ver o que nos espera...

quarta-feira, 6 de junho de 2012

adeu mano

Mafalda,
normalmente deixo o teu irmão primeiro na escola. tu gostas de ir à escola dele e assim tenho mais tempo para ficar um "pequeno bocadinho" no teu infantário enquanto te deixo. às vezes, quando tenho menos tempo deixo-te a ti primeiro. paro o carro à porta e "entrego-te" à educadora. não gosto. e tu também não. começas a chamar pelo mano que está no carro e choramingas. e eu venho-me embora com o coração apertado.

hoje tive que te deixar assim. mas ao contrário do que normalmente acontece, tu não choramingaste. antes de sair do carro acenaste ao teu irmão e disseste "adeu mano!". e ele retribuiu-te o adeus. e lá foste... à tua vida... e eu vim também com o coração apertado, com um misto de alegria e tristeza... estás a crescer tão depressa!

sempre que entro no carro depois o teu irmão pergunta: "disseste para a levarem para brincar com o outro bebé? é para ela não ficar a chorar!"

que lindos os meus filhos!

segunda-feira, 4 de junho de 2012

brincadeiras



Adoro quando as brincadeiras partem da imaginação. Quando os brinquedos são os que o rodeia. Quando brincam ao ar livre, apanham fruta e voltam para casa com as roupas sujas de tanta alegria e risos. Adoro quando o tempo passa preenchido de bons momentos. Quando se brinca na cozinha...Penso que são estas recordações da infância que eles levam para o futuro.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

crocs e meias

- Anda Francisco, calça as crocs e vamos para a escola!
- Mas eu quero vestir meias!
 (ele e as areias e pedrinhas nos pés... parece a mãe...)
- Então veste umas meias e levas os ténis.
- Mas eu quero as crocs
- Mas não vais de meias e crocs!!! é muito foleiro!
- Mas eu quero com meias!!!!
- Vá calça as meias e os ténis! Estamos a ficar atrasados.
- Quero ajuda com as meias...
- (respirar fundo...), ok eu ajudo.

Entretanto a Mafalda faz cocó e tenho que ir mudar a fralda. O Francisco aproveita para ir brincar com uma meia meio calçada. E eu estou a ficar atrasada... e a perder a paciência. Calço a outra meia ao Francisco e quando quero calçar a Mafalda ela foge como sempre. E o Francisco aproveita para brincar. E eu ainda tenho que o ajudar a calçar os ténis por causa dos atacadores... e apanhar a Mafalda e calçá-la. E levar sacos para o carro!

- Olha, sabes que mais Francisco, calça as crocs mesmo com meias!
- Mas eu agora quero os ténis.
- Vou contar até três para calçares as crocs...
- Mas fica muito vermelho!
- Não fica nada! fica lindo!!!!!! vá, vamos embora!

desculpa filho...

"pica"



O inevitável aconteceu. Andei a adiar e gostava de adiar ainda mais, mas o pai da criança resolver beber e ele quis provar. Para minha alegria a reação foi afastar o copo e dizer "pica!". Pode ser que durante uns tempos não queira provar de novo.