segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

1º cinema da Mafalda


A Mafalda foi ao cinema. Pela primeira vez. Fomos ver o filme Frozen. Eu, ela e o Francisco. Com direito a pipocas e tudo. Inicialmente portou-se muito bem, óculos na cara, sentada direitinha... até dei comigo a pensar "é uma mulherzinha!"

Mas o filme era muito grande... e a rapariga é a Mafalda... às tantas diz-me que quer ir fazer chichi. E eu penso " e agora? não posso deixar aqui o Francisco... tenho que levar os dois... ele vai fazer um escandalo se o tiro agora da sala... Posso deixá-lo? Não!!!.... " Mas perguntei: "Mafalda, achas que aguentas um bocadinho?" E ela respondeu que sim. No intervalo corri para a casa de banho com os dois. Mas afinal, ela não tinha vontade... mudou de ideias....

Na segunda parte do filme já não teve paciência para os óculos (nem eram cor de rosa) virou-se para trás para conhecer o menino da cadeira atrás dela, veio para o meu colo, bebeu o sumo todo e acabou de chucha óó. Mesmo assim diz que quer ir mais vezes!

sábado, 28 de dezembro de 2013

Papas

Francisco - se o Papa Francisco é de todos nós, então dá papas a todos nós. Porque ele fez todas as papas!

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Conseguir

Eu, tentado dar uma lição de vida ao Francisco - Consegues colocar o cinto de segurança sim senhor! Já o fizeste tantas vezes!!! Não digas que não consegues, isso é desistir e depois não consegues mesmo. Tens que pensar que consegues e fazer por conseguir. Tudo o que tu acreditares que consegues, consegues!!!

Mafalda - Ai não não mãe! Se a luz está apagada eu não conxigo ver! Não conxigo!!! Tem que acender a luz e já conxigo ver!

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

nunca acreditei

A Mafalda divagava e falava, falava, falava...
O Francisco ouvia-a, parado, à espera que ela terminasse. Não percebia metade das coisas, seria impossível. Nem ela percebia o que dizia, acho eu!
Quando ela terminou, ele perguntou "já acabaste Mafalda?" Ela disse que não e continuou.
Olho para ele com ar de gozo e ele pergunta-me "acreditas nela?". Disse que sim "e tu?". Ele responde "não! nunca acreditei!"

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

consulta dos 3 anos

Dia de pediatra com a Mafalda... e ela parece um anjinho...

Sossegadinha ao colo da mãe, responde apenas às perguntas que o Dr. lhe faz, deixa-se despir, oscultar, pesar e voltar a vestir como se fosse a menina mais bem comportada do mundo. Ainda lhe dá beijinhos à saída!

Cá fora a coisa muda de figura. Começa a ganhar mais confiança e a senhora da recepção tem que lhe dizer (meio para mãe, meio para a filha) "Mafaldinha, não batas no aquário que os peixes assustam-se" e ela com a vergonha acalma mais um bocadinho.

Na rua... na rua já é outra conversa... pobres pombos que com a correria dela não têm sossego. Bem vindos ao meu mundo! Assim é a Mafalda!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Sozinhos

Eu - Francisco hoje estamos sozinhos.
Ele - E o pai?
Eu - Está em França.
Ele - Então e a mana?
Eu - Vamos buscá-la agora... mas estamos sozinhos os 3.
Ele - Então... não estamos sozinhos, estamos connosco os 3.
Eu - Sim... Estamos sozinhos os 3...
Ele - Então... com o pai também estamos sozinhos. Estamos sozinhos os 4.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Fada dos dentes

No fim de semana passado a fada dos dentes veio visitar-nos pela primeira vez.
Deixou uma moeda debaixo da almofada, mas por pura caridade, pois foi de mãos a abanar lá para o reino das fadas.
O Francisco não quis deixar o seu dente ir, pois ía ter muitas saudades depois.
Ainda tentei explicar-lhe que o dente ía para um lugar melhor e mágico, mas nem assim. Concluí que era melhor ele guardar o dente mais uns dias até estar preparado para o deixar ir.
Mas ele avisou-me logo que NUNCA iria estar preparado.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

3 anos...


Passaram 3 anos...
A correr... A voar!
E, apesar de eu dizer muitas vezes que esta menina me vai fazer cabelos brancos, adoro-a cada vez mais (se é que isso é possível).
Estava tão feliz na sua festa :)

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Dispensar

Eu - Francisco o que queres comer ao pequeno almoço?
Ele - deixa-me pensar....
Eu - então? Não temos dia todo... Vá... O que queres?
Ele - ai....pára! Estas a dispensar-me!!! 
Eu - dispensar-te? Sabes o que isso quer dizer?
Ele - Para mim quer dizer que não me deixas pensar!!!!

domingo, 27 de outubro de 2013

Doenças?

Francisco - mãe, porque é que a Mafalda ri a gritar?
Eu - porque ela às vezes é um bocadinho tonta...
Ele - acho que é melhor ela ir ao médico!
Eu - porquê? Achas que é uma doença?
Ele - acho! É a doença da dor de cabeça!

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Momentos tãooo bons!

Reclamar não resolve nada!

O Francisco ultimamente tem tido tendência para se concentrar nas coisas negativas e reclama, reclama, reclama!

No outro dia tive uma conversa séria/zanga com ele. Disse-lhe que ele tem que parar de reclamar pois isso não resolve nada! Tem que se concentrar no que tem de positivo. E quando pensa que não consegue fazer uma coisa tem que passar a pensar que consegue e esforçar-se para conseguir em vez de reclamar!!!

Ele ficou a pensar naquilo.

Passado uns minutos diz-me que quando fez 4 anos recebeu uma carta do carteiro com uma coroa e agora que fez 6 anos não recebeu nada...

Eu caí no erro de dizer: "a sério? temos que reclamar como o carteiro!" (a sério Marta??? Depois daquela conversa todas falas em reclamar???)

Ao que ele me responde inteligentemente: "Reclamar não resolve nada!"

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Mafalda Cantora

- Que música queres ouvir mãe?
- A da borboleta.
- A da borboleta? Tá bem... A borboleta vai voar e é bonita lá lá lá lá.............(mais coisas inventadas e cantadas)... Bate palmas mãe!! E agora? que música queres ouvir? A da aranha? Queres? .... A pequena aranha lá lá lá lá
E assim continua....

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

6 anos

O Francisco ontem fez seis anos. Seis! Meia dúzia! E cresceu... Cresceu mesmo! 

Perece que estava à espera de chegar aquele momento para pertencer ao grupo dos crescidos. Disse-me "despedi-me do 5 e disse olá ao 6" e depois emendou "não! ainda tenho o 1, o 2, o3, o4 e o 5 comigo, mas estão aqui guardados, o seis está mesmo à frente!"

À Mafalda fez-lhe alguma confusão as atenções estarem todas centradas no mano e as prendas serem todas para eles. Mas lá fez um esforço por entender.

E assim tenho dois filhos cada vez mais crescidos...

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Trabalhos de casa

 

É quase quase como voltar eu própria à primária... Com aquela curiosidade e aquele nervoso miudinho...

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Depois das férias



Depois de um mês inteirinho de praia, muita diversão e crescimento, algumas birras e o grande extra de uma ida à Eurodisney... largam-se as braçadeiras, o baldinho e a pá e começam as aulas! O Francisco na primária e a Mafalda numa nova escola...

Vamos lá a esta nova aventura!





segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Desejos

Francisco - mãe o poço dos desejos existe?
Eu - sim.
Francisco - e atiramos a moeda e o nosso desejo realiza-se?
Eu - sim.
Francisco - podes levar-me lá um dia?
Eu -posso! Que desejo é que queres pedir?
Francisco - quero ser um Power Ranger! Ainda por cima dos vermelhos..,.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Contas

- Francisco quanto é 10 menos 6?
- 4
- como é que sabes?
- então... 5 mais 5 são 10. 10 menos 5 são 5. Metes mais um de um lado e tiras do outro, fica 4

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Uma pergunta inteligente

Francisco - mãe, os grandes sabem tudo?
Eu - não filho, ninguém sabe tudo, estamos sempre a aprender.
Francisco - a Heloísa diz que sabe tudo...  Mas eu perguntei-lhe quando é que eu fazia anos e ela nem sabia...

domingo, 18 de agosto de 2013

sábado, 17 de agosto de 2013

Por tudo e por nada

- Francisco, vamos lá falar os dois... Tu não podes chorar por tudo e por nada...
- mãe... Eu por nada nunca choro!

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Há dias assim...

Hoje contei até 200 enquanto dava banho aos meus filhos. O Francisco acompanhou-me mesmo sem entender porquê. Nem sempre é tudo perfeito... Há dias assim...

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

terça-feira, 6 de agosto de 2013

atenção ao que se diz!

Eu, a pensar que só o Francisco é que estava a ouvir - Ó filho, não vês que a mana é pequenina? Ela não sabe!
Ela, a refilar comigo - Sabe sabe! Eu não sou pequenina, já sou grande! Já não uso fralda!

Frase do dia

Francisco - pai, queres dançar e fazer loucuras?

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Trabalhador

- Francisco, o que queres ser quando fores grande?
- quero ser o que o meu pai é!
- e o que é o teu pai?
- olha... Trabalhador!

Coisas de grandes


A Mafalda a fazer bolinhos de areia na praia:
- mãe, queres bolo de cenoura ou do Vasco?
- quero de cenoura!
- para ti tem que ser do Vasco mãe... O de cenoura é só para os grandes!

terça-feira, 30 de julho de 2013

fome de bebé

Francisco a explicar à Mafalda:

- Quando eu era bebé não deixava a mãe dormir, chorava porque tinha fome. Eu tinha tanta fome e como a mãe não tinha nada para comer dava-me leite!

segunda-feira, 29 de julho de 2013

alturas e idades

 - Um dia vais ser maior que eu Francisco!
 - Eu sei! E tu vais ser velhinha.... mas não faz mal, pois não? Ainda falta muito tempo!

sexta-feira, 19 de julho de 2013

jantar medieval



Ontem, ao chegarmos ao chegarmos perto do castelo, o António, amigo do Francisco, pergunta "isto é a casa do avô e da avó?"

Francisco - Não! Hoje vamos ter um jantar "medival"
António - O quê?
Francisco - É o nosso jantar medival! Não sabes o que é um jantar medival?
António - Não! É o quê?
Francisco - Também não sei!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

energias...

Ontem ao deixar o Francisco na escola um menino mais velho (ou pelo menos maior) disse-lhe qualquer coisa que me pareceu uma provocação. O meu filho olhou-lhe com um ar muito sério e meio zangado, como quem diz "o que é que tu queres pá?". Na altura não comentei nada.

Já em casa perguntei ao meu filho o que tinha sido aquilo e se ele era amigo dele. Não me quis dizer muito. Disse só que eram amigos mas não gostava muito daquele menino, porque ele era um mentiroso para ele e dizia-lhe coisas que achava que tinham piada, mas que para ele (Francisco) não tinham piadas nenhuma.

Quis saber mais... E a custo lá consegui um exemplo: "quando estávamos a ir para a praia eu meti os meus óculos de sol e ele disse que eu ficava muita feio".

Disse-lhe que há pessoas que gostam de "roubar" a nossa energia e o melhor é não ligar nenhuma, pois assim não a conseguem roubar. Ele ficou contente com a solução e acrescentou: "se não ligar nenhuma não lhe dou a minha energia e não fico cansado!". Isso mesmo!

Não há mãe que não deseje que tudo corra sempre bem com os filhos, que todos gostem deles e que nunca sejam gozados. Tal parece-me impossível e claro que sinto um pequeno aperto ao ouvir estas historias, mas faz parte do crescimento. Do seu crescimento! Mal por mal, prefiro que não seja ele o menino que goza com os outros!


terça-feira, 16 de julho de 2013

Por falar em disparates

Na escola da Mafalda quando um menino faz anos os outros meninos e adultos dizem os seus desejos para ele.

Entre "quero que tu voes com os pássaros", "quero que nunca deixes de cantar" ou até o meu "quero que encontres um pote de ouro no fim do arco íris", a Mafalda diz "quero mais bolo!"

segunda-feira, 15 de julho de 2013

segunda-feira, 8 de julho de 2013

mais reuniões

Francisco - Mãe, tu não mandas sempre em mim! Achas que mandas sempre em mim? às vezes não... vais a reuniões!

sábado, 6 de julho de 2013

quinta-feira, 4 de julho de 2013

na moda


Numa manhã de calor levei a Mafalda para a escola de sandálias. Nessa tarde mais mais fresca, fui buscá-la assim! Será que vai virar moda?

terça-feira, 2 de julho de 2013

tututa óó

Sinto que a Mafalda, desde bebé, tem alguma dificuldade em lidar com autoridade e depois disso com a frustração.

Durante muito tempo utilizou a chucha e a fralda de pano só para adormecer, mas agora recorre à tututa óó para se acalmar. Sempre que se sente frustrada, sempre que lhe dizemos que não e começa a chorar, sempre que se sente cansada... E o resultado é automático! Como magia a tututa óó consegue parar instantaneamente uma birra!

Algo me diz que, apesar de ela afirmar que aos 3 anos deita a tututa óó fora, vamos ter um processo difícil...

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Fim de semana em cheio


Este foi realmente um fim de semana em cheio!
Tivemos festival do Panda, aniversário de mãe, concerto de piano do Francisco, primeiros mergulhos na piscina... ufa! Agora precisamos de mais um para descansar!!!

terça-feira, 18 de junho de 2013

Conversas da Mafalda III

"Mãe, tens que dar dinheiro ao pai. tens que lhe dar moedas, para irmos ao bairro do Panda!! Eu ainda não fui ao bairro do Panda!!!" (e revira os olhos)

sexta-feira, 14 de junho de 2013

ir buscar ovos

É com orgulho e alguma sensação "de que o meu filho cresceu tanto", que o vejo ir sozinho buscar os ovos das galinhas.
E, como uma cereja no topo do bolo, à saída do galinheiro ele diz-lhes "obrigadinho galinhas, pelos ovinhos"

terça-feira, 11 de junho de 2013

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Imenso..

Francisco, agora sempre que te aleijas queixas-te "doí-me imenso". Imenso???? Ando eu a vestir-te com t-shirts dos rolling stones e calças de ganga rasgadas para depois me dizeres "doí-me imenso" ????

Bem sei que este ano andas numa escola onde a maioria das educadoras tratam as crianças na terceira pessoa, o que me arrepia um pouco... mas... enfim... é SÓ na escola...

No outro dia, já pelos cabelos com essa tua nova expressão disse-te: "tens que dizer sempre doí-me IMENSO? Não podes dizer antes doí-me muito?"

E tu respondeste-me "Mas não me doí muito, doí-me imenso, porque imenso é mais que muito, são muitos muitos juntos!"

OK.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

amigos

Há dias em que o Francisco não empresta os brinquedos à irmã, por muito que ela chore ou diga que é pequenina... Há dias em que a Mafalda não pára de picar o irmão e irritá-lo, por muito que ele lhe peça para parar. Mas, apesar de ela ainda ter a marca da última dentada que ele lhe deu estampada na cara... A maior parte dos dias são assim... de amizade pura!


quinta-feira, 23 de maio de 2013

choro matinal

Hoje foi tudo a chorar para a escola...
Ou porque desliguei a televisão e não deixei acabar os desenhos animados, ou porque ela se aleijou no dedo, ou porque ele esqueceu-se da caderneta que queria levar e a culpa é minha que nunca deixo nada, ou porque um levou com a porta na cabeça, ou porque a outra quer colo, ou porque ela não pára de fazer barulho, ou porque caiu o boneco..... Ai! Até eu estava quase a chorar!!!!!

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Palminhas

Mafalda (depois de cantar o sapo sarapicolé) - mãe, gostas da música?
Eu - sim!
Mafalda - então bate palminhas!

sexta-feira, 17 de maio de 2013

dias...

António (amigo do Francisco) - Francisco, sabias que há dias compridos? E há outros que perdemos a cabeça!

terça-feira, 14 de maio de 2013

os caracóis da Mafalda


Nos caracóis da Mafalda é possível perder ganchos... São tão rebeldes quanto ela. Têm vida e vontade própria. Caracóis e mais caracóis, uns por cima dos outros, uns mais encaracolados que outros, uns para cima, outros para baixo... viva os caracóis.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

que crescido

A caminho de casa, no carro, a Mafalda fazia uma grande birra porque segundo ela o pé dela estava sempre a cair. Ora, contra pés que estão sempre a cair não tenho grandes argumentos... percebi que ela queria mesmo era estar naquele estado de birra, por isso deixa-a estar e meti-me a mim própria em estado off.

E ela chorava. E eu guiava.

Mas o Francisco também estava no carro. E apesar de também ele próprio muitas vezes se colocar em estado off, resolveu ser mais inteligente. "ó mãe, não tens a música da Vanessa da Mata?". Achei estranho ele perguntar porque ultimamente diz estar farto desta música (vá-se lá saber porquê...) mas respondi que sim e perguntei se ele a queria ouvir. "Eu não! Mas se a mana quiser..."

Claro! Como não pensei nisso? Que ideia genial. Como que por magia, mal a música começou a tocar a Mafalda parou a birra e foi bem até casa.

E foi o meu filho, com 5 anos que solucionou o problema.... que crescido!

terça-feira, 7 de maio de 2013

Mafalda Feminista

Passada a fase de SÓ ouvir Vanessa da Mata no carro, chegámos à fase de SÓ ouvir a "musica da menina", ou seja, qualquer musica desde que cantada por mulheres! Ouvir noticias ou alguém a falar? Isso então nem pensar!!!

quinta-feira, 2 de maio de 2013

adeus fraldas



Adeus, adeus... que agora só tenho meninos crescidos cá por casa, já ninguém precisa de fraldas (pelo menos durante o dia). E se por um lado não foi fácil com o Francisco, com a Mafalda a coisa tem corrido melhor. Mea culpa, não tenho stressado tanto e estou a levar a coisa de uma forma muito mais descontraída. A menina agora "só usa cuecas" e espera que a avó lhe compre uma "prenda muuuiiiitoooo gande".

Não se importa que as cuecas sejam amarelas, azuis ou até tenham o faisca, no entanto não deixa de ter a sua preferida: a da banca de neve!!!

terça-feira, 30 de abril de 2013

Conversas da Mafalda

- Mãe, tu gostas do cão? Gostas ou não gostas? Um dia vou ter um cãozinho cor-de-rosa para andar no meu colo.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

bolo vezes dois... (ou a dividir!)

Mafalda - Mãe, quero bolo!
Eu - Só um bocadinho, está bem?
Mafalda - Dois! Quero dois!!!
Parto a fatia ao meio! Segue viagem com um pedaço em cada mão, toda contente!

segunda-feira, 15 de abril de 2013

choro

Depois de ter passado o fim-de-semana sem os meus filhos e com MUITAS MUITAS MUITAS saudades... tive que deixar a Mafalda hoje a chorar na escola...
Já não estou nessa fase... e o meu coração fica mesmo pequenino!
Desculpa filha....

quarta-feira, 10 de abril de 2013

A super história do Francisco

O que o Francisco pediu à avó para escrever:
"A SUPER HISTORIA DO MEU NETO

Chegou a Primavera
a prima das flores
todos vestiram de receber
ela ficou tão contente
subiu para as arvores e encheu-as de flores
sorriu para os campos e encheu-os de verde
sorriu para os meninos e encheu-os de alegria
os meninos vestiram-se de malmequeres
voaram com as borboletas
cantaram com os rouxinois
juntos de mãos dadas levaram a primavera a todas as coisas.

Ditado pelo Francisco"

terça-feira, 9 de abril de 2013

Boa Sorte

Tudo começou no dia em que me lembrei de dizer ao Francisco que tinha o CD com a música que estava a tocar quando ele nasceu. A música estava por acaso (ou não) a passar na rádio, na sala de parto. Eu não a escolhi. Mas já gostava bastante dela e daí em diante, como é óbvio, passou a ter um significado especial. Boa Sorte, de Vanessa da Mata com Ben Harper.

Levei o CD para o carro e o Francisco adorou. Queria ouvi-la constantemente e eu na brincadeira dizia que a Vanessa já estava com dores de garganta de tanto cantar... tínhamos que lhe dar algum descanso!

Depois quis que a irmã também ouvisse. "gostas, não gostas Mafalda? É a música quando o mano nasceu!" E cantava já a letra toda.

E Depois, claro, foi a Mafalda a querer ouvir a música "do mano na baiga da mãe!!!".  E começou também a cantar os finais de cada frase. (o mais engraçado é quando canta em inglês) Até o Francisco se fartou da tanto ouvir... e eu então!!! É urgente, tenho que tirar o CD do carro

quinta-feira, 4 de abril de 2013

mais ou menos

Francisco: Vamos à festa da Mafalda?
Eu: Sim, mas primeiro temos que ir buscar o pai.
Francisco: Buscar o carro do pai?
Eu: Não, passamos ali perto do escritório e levamos o pai.
Francisco: Vamos buscar o pai e o carro?
Eu (a ficar um pouco impaciente): Vamos só buscar o pai!
Francisco: Ah. Vamos buscar o pai com o carro.
Eu: Sim, é mais ou menos isso.
Francisco: Mais ou menos? Então diz-me lá que palavra é que eu disse mal...
Eu: Nenhuma filho! Desculpa! É isso mesmo! Vamos buscar o pai com o carro.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

regresso à escola

E a escola começou. Pelo menos para a Mafalda porque o Francisco só começa amanhã... mas como quis ficar com a mana na escola dela, é quase a mesma coisa :)
Depois de uma Páscoa cheia de chuva, amêndoas e chocolates, voltamos à normalidade.

terça-feira, 26 de março de 2013

filhos longe

Não é para mim! Eu sei que é bom de vez em quando poder sair à noite, ir ao cinema, passear a dois e mais uma série de coisas. E que tenho muita sorte porque os meus filhos ficam bem sem mim e posso trabalhar enquanto eles estão de férias em casa dos avós. E que também é bom para eles de vez enquanto haver esta separação. Eu sei! E também gosto de um tempinho extra. Mas não é para mim! A sério! As saudades começam a apoderar-se e fico com uma vontade GIGANTE de os abraçar. Definitivamente, não é mesmo para mim!


sexta-feira, 22 de março de 2013

amigos imaginários

A Mafalda começou a falar com amigos imaginários. E tem grandes conversas, oferece-lhes comida, pergunta se eles gostam dela, convida-os para dormir...
Lá vamos nós de novo..

quarta-feira, 20 de março de 2013

eu e os meu dois

Ainda há tão pouco tempo eram bebés... e agora já escolhem os seus próprios caminhos. E eu só posso desejar estar sempre por perto.


história escondida

Hoje à noite o Francisco contou-nos uma história, a mim e à Mafalda. Ao ver que a história era muito parecida com uma minha, perguntei "estás a inventar a história?". Mas ele disse-me que não. Que já a tinha inventado na escola. "Ai sim? E contaste a quem?" Ao que ele me respondeu "a ninguém, ficou escondida."

terça-feira, 19 de março de 2013

férias

A Mafalda está de férias da Páscoa... mas a sua super-energia não tirou férias!
O R. está fora uma semana...
Será que me vai nascer o segundo cabelo branco?

quarta-feira, 13 de março de 2013

terça-feira, 12 de março de 2013

sofrer em silêncio.

Normalmente o Francisco faz uma grande fita para cortar as unhas. E chega mesmo a gritar como se tivesse a ter dores horríveis. Peço-lhe sempre para não o fazer, até porque pode assustar a irmã e ela pensar que doí (sim, sim... está-se mesmo a ver... ela assustar-se com as birras dele...).
Ontem, quanto lhe cortava as unhas ele manteve-se quieto. Do nada chega-se ao meu ouvido e diz baixinho: "mãe, está a doer, mas eu não estou a fazer barulho!"

sexta-feira, 8 de março de 2013

amanhã... talvez

- Francisco, ainda não calçaste os sapatos? Estás aí há tanto tempo e estamos tão atrasados!!! É incrivel como vocês nunca me ajudam de manhã, sou sempre eu a fazer tudo, tenho que me calçar a mim, calçar a Mafalda, calçar-te a ti, vestir o meu casaco, o da Mafalda, o teu. Porque é que não vais fazendo estas coisas sozinho para ajudar a mãe? tens 5 anos filho. Tu sabes calçar-te e vestir. Podias ajudar-me....

- Mãe! - enquanto olhava para mim incrédulo - amanhã eu vou ajudar-te. Prometo! Mas se me esquecer não faz mal, está bem?

quinta-feira, 7 de março de 2013

Desenhos

Francisco - Mãe, na escola estou a fazer um desenho do pai sozinho a dar um passeio.
Eu - Então e foi só o pai dar esse passeio? Porquê?
Francisco - Porque se tu fosses com ele nós ficávamos sozinhos.
Eu - E porque é que não fomos todos?
Francisco - Não cabíamos na folha! Eu quis desenhar o pai gorducho, porque ele come tudo!!!

(quando tiver o desenho prometo publicar)

quarta-feira, 6 de março de 2013

flor amarela


Ontem, quando fui buscar o meu filho à escola, ele esperava-me com esta flor amarela que plantou. Como está crescido. Tal como plantou esta flor, tem vindo a plantar tanta coisa à sua volta e a criar raízes que ultrapassam o meu conhecimento. E eu estou cá para apoiá-lo. Para fazer o meu papel de mãe. E vê-lo crescer.

terça-feira, 5 de março de 2013

oh não!

O Francisco chegou àquela fase de pedir um animal doméstico!! Desde que o fui buscar à escola ontem, até o deixar lá novamente hoje, que me pergunta se podemos ter uma chinchila bebé!!!

sábado, 2 de março de 2013

Modas

O conceito de moda da minha filha, é muito à frente!!!!


(as minhas mãos aparecem no chão, porque ela só queria olhar para a câmara e o objectivo era fotografar os ganchos. Foi uma tentativa de chamar a sua atenção para o chão. Normalmente não ando assim!)

sexta-feira, 1 de março de 2013

opiniões

A semana passada tivemos reunião com a educadora do Francisco.
Apesar de ele "só" estar com ela desde Setembro, ela acha que ele é uma criança que percorreu um grande caminho, extremamente inteligente, mas... (claro) emocionalmente ainda não cresceu o que é suposto para uma criança de 5 anos (não me perguntem porque não faço a mínima ideia do que é suposto!)

Explicando melhor, o Francisco veio de uma escola com uma filosofia diferente. Ninguém o ensinou a pegar num pincel ou a fazer formas. As coisas fluíam mais para a brincadeira e o contacto com a natureza. Quando chegou a esta nova escola tudo era novidade e a suas "aptidões" plásticas não estavam tão desenvolvidas quanto as das outras crianças. Daí ter percorrido um grande caminho.

Por outro lado, parece que os seus melhores amigos na escola são crianças de 4 anos (e não de 5 como ele e como parece ser suposto ser). Daí ainda não ter crescido emocionalmente.

Juntando isto tudo, a educadora não sabe se é boa ideia ele ir para a primária para o próximo ano (faz 6 anos em Outubro). E eu fico um pouco triste. Não pela possibilidade de ele não ir para a primária! Se fosse para bem dele, atrasaria o tempo que fosse possível. Mas pela ideia com que fiquei que a educadora ainda não o entendeu!

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Alegria na banheira


Os meus filhos dizem sempre "não" ao banho! A única forma que gostam é se for de banheira cheia, principalmente deste que existem estes espetaculares lápis de cor preparados para o efeito. A banheira e os azulejos ficam todos pintados e o problema passa a ser tirá-los do banho!!! Por isso posso optar, ou dificuldades à entrada, ou dificuldades à saída...
Enquanto que o Francisco pinta muito ao de leve, como sempre pintou, independentemente do material, a Mafalda carrega tanto nos lápis, que temo que acabe com eles num só desenho... Se pensar bem nisto, aqui está uma excelente forma de transmitirem a sua personalidade. Até a pintar ela é igual a ela e ele igual a ele!
Mas um dia (espero que não num dia próximo), estes belos lápis vão mesmo acabar e eu quero (ou não) ver o que vou fazer! Espera-me uma grande birra (se não duas!).

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Vem aí a mãe

A Mafalda depois de atirar com força um garfo para o chão e ir sentar-se na sala:
"Vem aí a mãe.... vai dar-me uma palmada!"

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

É impossível

É impossível olhar para os meus filhos nas suas brincadeiras e não me apaixonar um bocadinho mais por eles. Afinal a capacidade de amar é infinita.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

uma miuda

Às vezes olho-me ao espelho e penso "bolas sou mesmo mãe de dois filhos? como? sou uma miuda!"

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Partida para o pai

Os meus filhos escolheram bolachas no super-mercado e comeram duas ou três. No dia seguinte, quando quiseram mais tinham poucas. Alguém tinha andado a comer as bolachas deles! Chegámos à conclusão que tinha sido o pai!
Ai ai pai....
O Francisco teve uma ideia:
"já sei uma boa partida para o pai!! Vamos comprar-lhe dois pacotes de bolachas!!!!"

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

as casinhas

No fim de semana passado fomos ao "Portugal dos Pequenitos" (que eu sempre chamei Portugal dos Pequeninos). E apesar da Mafalda dizer que não ia, porque ela queria mesmo era ir ver a Minnie (na Disneylandia, óbvio) acabou por adorar. Enquanto a minha filha fechava-se numa casinha e não queria sair de lá, o Francisco quis explorar todos os cantinhos e corria de um lado para o outro, de casa em casa. Assim, cada um foi para seu lado. Cada um viveu o momento à sua maneira.
Aqui estou dentro de uma das casinhas com a Mafalda. Ela fechou a porta e lá ficámos... até eu a conseguir convencer a ir conhecer outras casinhas...