sexta-feira, 11 de maio de 2012

meu amor...



Meu amor, lembras-te quando éramos só os dois? Podíamos sair e chegar a casa a qualquer hora, íamos ao cinema (ver filmes de crescidos) e ao bairro alto. Jantávamos fora mais vezes (muito mais vezes) e não contávamos o dinheiro. Não controlávamos a que hora jantávamos e muitas vezes levávamos amigos para casa depois de uma noite de copos. Acordávamos tarde ao fim-de-semana. Não havia sopas para fazer, podíamos comer o que nos apetecesse e ver qualquer canal de televisão, mesmo que tivesse a dar um filme violento. Andávamos descontraídos quando íamos às compras, sem medos de perder ninguém. Raramente tínhamos leite no frigorífico e tomávamos o pequeno-almoço fora. Lembras-te quando jantámos um quilo de castanhas e uma garrafa de vinho do porto no nosso puf gigante, em frente à televisão? Ou quando eu chegava a casa e tu já tinhas preparadas duas morangoscas bem fresquinhas... Havia uma certa descontração...

Pois é meu amor, agora é muito melhor!

4 comentários:

Mamã disse...

So true :)

papi disse...

Agora é triplamente melhor, e quando falta um pelo motivo mais pequeno que seja, já não é a mesma coisa.
Não que eu seja cantor, mas beijinhos aos meus três amores.

Joana Costa Pereira disse...

Podem não ser cantores, mas pareceu música....e soou bem! Tão lindo :)

Idamamalis disse...

:) beijinhos Joana.