quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

o teu amigo Tom


Mafalda, o teu amigo Tom foi-se embora, foi viver para a Califórnia. Apesar de ontem já não ter ido à escola, quando te perguntei com quem brincaste tu respondeste "com o Tom!". Vocês só têm dois anos e se um dia mais tarde se encontrarem muito provavelmente não se vão reconhecer, mas fica a saber, meu amor, que são grandes amigos! Os melhores amigos. São amigos na época mais genuína da vossa vida. São amigos desde bebés quando acordavam no berço e um chamava pelo outro. São amigos que se apoiam nas brincadeiras e andam de mão dada pela escola. No último dia deste-lhe um beijinho de despedida.

Quando fores mais velha, poderás estar muito diferente. O Tom conheceu-te quando tu acabavas muitas frases com "sabias?". Quando eras uma menina cheia de vida que queria fazer tudo sozinha. Quando perguntavas pela chucha e o "óó" para dormir. Quando dormias sestas grandes. Quando fazias papinhas imaginárias que "obrigavas" os outros a comer. Quando estavas animada por saltar com os dois pés ao mesmo tempo. Quando eras um pouco refilona e dizias "meninos!!!" como quem manda. Quando esticavas a tua mãozinha com a palma para cima, reviravas um pouco os olhos e dizias "não é assim...". Quando deixavas a tua voz sair tão alta quanto a tua emoção. Quando adoravam andar de cavalinho. Quando vestiam impremiáveis e calçavam galochas e iam para a terra molhada. Quando lhe chamavas por vezes "Tomi..."

Por isso, se por acaso a vida vos levar a um reencontro, não pensem que não se conhecem, estarão enganados!


6 comentários:

Quase nos "entas" disse...

:)))))
é tão ingenua e pura esta amizade.....que até nos doi a nós :)

Idamamalis disse...

é mesmo! :)

Ana Luiza disse...

Agora sei porque o Tom passou o dia a chamar: meninos, vamos meninos!

Idamamalis disse...

:)

Reinaldo disse...

Tenho quase a certeza de que ela não se esquecerá.....

Ines Guimarães Correia disse...

que bonito :)