segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Conversas que não quero esquecer...

Enquanto o limpava depois do banho:

- Mãe eu não vou ser crescido?
- Vais filho.
- Mas nunca mais cresço...
- Demora tempo, não tenhas pressa!
- Quando é que tu morres?
- Quando for muito velhinha.
- E o pai?
- Quando for muito velhinho também.
- E eu, vou morrer?
- Sim, mas só quando fores muito velhinho, falta muito muito tempo!
- Mas eu não quero estar morrido.
- Toda a gente morre meu amor. É assim a vida...
- Mas eu não quero...
- Não te preocupes, porque depois de morreres voltarás a nascer, a ser bébe, a crescer. Vens cá muitas vezes!
- Ah! Então os que estão morridos deixam de estar morridos e vão para as barrigas das mães?
- Exactamente!
- A mana vai ser mãe?
- Sim. E tu vais ser pai! Que nome vais dar ao teu filho?
- Não sei, penso nisso quando for crescido... se calhar vai ser João.

2 comentários:

Catarina Orangina disse...

:) ele tem conversas de gente crescida.

Idamamalis disse...

com 4 anos...
hoje estava a dizer ao Reinaldo que se já é assim, imagina que conversas irá ele ter com 6 anos... ou 12...
nós eramos assim?