quarta-feira, 27 de junho de 2007

Para a tia Catas


Cá vai a historia que a tia Catarina (Fã número 1 do blog!) nos ofereceu:

UM MOSCATEL ESQUISITO

Era uma vez um rabo de um lagarto que se escondia sob o olhar intimidador do conselheiro da corte do rei lilás.

Era como se os berlindes se perdessem no caminho. Havia sete buracos, eram demasiados para tão pequena distância.

Sabe bem o vestidinho de miolo quentinho como a lenha que arde no carebelo. ...boca pela trela para lá da canela avançam como a dor do cabelo. A enxaqueca da panqueca é o azeite mal aquecido.

Chegue-se mais perto sr. conselheiro que longas distãncias teremos de caminhar. até chegar a sitio decente que convelha a tão distinta pessoa. Reparo que tem um cigarro no peito, exactamente no peito. Será um ferimento?

Será um ferimento?

Pois é.... bela historinha. Assim ao menos não és o único a não entender patavina filho!!! eh eh eh
Um beijinho muito grande e baboso e três vivas para a tia Catas!!!

6 comentários:

Catarina Orangina disse...

viva viva via!
como o próprio nome indica, moscatel ESQUISITO!!!

Martins disse...

Ena...... Eu tambem quero tomar um desses!!!!
"Tens uma maneira esquisita de falar...."

Catarina Orangina disse...

são pequenas historinhas em cada frase. elas todas juntas não fazem lógica. por isso é que elas só vão rimando entre si. assim é que é. a tia catas está sóbria e não tem nenhuma maneira esqujzita de falar!!!:))

Catarina Orangina disse...

PAAARRRRAAABBBBBÉNS!!! mamã máááááfia!:) espero que tenhas um dia muito docinho e que perdoes a malta amiga pela supresa de ontem! mas 30 anos são sempre 30 anos...e não se faz todos os dias!!!! :)
felicidades sem fim!
sininho e peter pan!

madrinha xana disse...

PaRabêNS BaRRigUiTAS!!!!!!!

bola de ar disse...

OBRIGADA AMIGAS!!!!!
Mil beijos e um moscatel esquisito!